O triângulo amoroso da educação

Quem trabalha com educação sabe o quanto o relacionamento entre alunos, família e escola é importante, e sabe o quanto pode ser complicado também.

Esse relacionamento é fundamental para uma escola bem sucedida. São essas escolas que normalmente são bem reconhecidas, tem taxas baixas de cancelamento de matrícula e recebem indicações constantes de quem já é cliente.

Mas, o que faz esse bom relacionamento?

Vamos falar de relacionamentos amorosos.

Uma relação saudável precisa ser equilibrada, precisa que as partes envolvidas estejam em harmonia realizando seus objetivos individuais e contribuindo para a realização dos objetivos do outro também. Precisa ter diálogo, muito diálogo. Precisa ser transparente, aberta e todos os envolvidos precisam estar dispostos não apenas a ouvir, mas a fazer concessões também, visando o bem do outro tanto quanto seu próprio bem. Essa atenção, cuidado e capacidade de ajudar o outro são poderosos geradores de afeto, e é ele, o afeto, que traz uma série de benefícios para a relação, como: confiança, proximidade e fidelidade.

Ok, mas isso só serve para relacionamentos amorosos? Não mesmo!

Se analisarmos, um relacionamento bom leva em conta esses princípios em todos os seus diversos desdobramentos, seja amoroso, de amizade ou família, essa base é fundamental para um relacionamento ser bem sucedido.

E por que não aplicar isso no relacionamento família escola?

Se você leu até aqui e esse questionamento faz sentido, aproveite e leia o eBook que escrevemos sobre esse tema. Nele, você vai se aprofundar mais, entender melhor sobre o tema e vai ter acesso a dicas sobre esse relacionamento tão importante entre família, alunos e escola.

Boa leitura!

baixar ebook

comments powered by Disqus